FORÇA AÉREA - NOSSA ETERNA GRATIDÃO.



Comandante
Comandante Comandante
Comandante
Comandante
Comandante Comandante
Comandante

MUITO OBRIGADO!

SSS

DIRSA

SDEE

SARAM

HCA

OASD

CGNA

POMN

HCA

AGRADECIMENTOS AO HOSPITAL CENTRAL DA AERONÁUTICA.




  AGRACIADO DUAS VEZES.

PAI.

             Nessa sexta-feira, você irá receber (ou já recebeu) a Medalha Santos Dumont na Base Aérea de Santa Cruz. De fato, não é uma medalha qualquer, nem para uma pessoa qualquer. Em seu peito estará a Medalha do pioneiro da aviação, o chefe dos seus chefes, o Pai da Aviação. Espero que você aproveite muito essa medalha, você fez por merecer e merece muito mais. Estou triste de não poder estar aí para esse momento mas quero que saiba que estou muito orgulhoso. Assim como você cresceu dentro da FAB, eu cresci junto, pois fui levado (e às vezes carregado) para todos os eventos e atividades possíveis. Campo dos Afonsos (portões abertos), Monumento aos Mortos (troca da guarda), AFA, EEAR, confraternizações (churrascos), dentre outros. Assim como você foi presente na minha vida escolar, eu fui muito presente na sua vida "Fabiana". Fico feliz por ter sido parte deste seu crescimento, que está representado nessa medalha.
             E aqui estou eu, longe. Bem longe de casa, e sinto falta dos nossos momentos. As caminhadas pós janta (de pijama), o eterno ventilador, as idas aos supermercados e feiras e os "refrigerantes" no outback. Tudo isso me faz muita falta. É ruim não ter alguém aqui para escancarar as cortinas do meu quarto às oito da manhã para aprender a trocar algo na casa. Mas, em breve estarei de volta e tudo voltará ao normal.
             Só queria contar uma história rápida. Ná última vez que você ganhou uma medalha (Bartolomeu de Gusmão - 2007), eu estava lá e fui até você para tirar uma foto. Saiba que naquela foto eu não estava olhando para máquina e sim diretamente para você, para ter aquele momento registrado em minha memória. Eu percebi que lágrimas escorriam por trás dos seus óculos escuros, e fiquei emocionado, assim como você.
             Obrigado pela dedicação de sempre comigo e com nossa família e você merece muito essa medalha. Um Beijo. Se eu for 30% (trinta por cento) do pai que você é pra mim estarei contente.
             Como eu quero muito te encontrar em Paris, estou enviando o mapa, em anexo, para você ir se acostumando com o metrô Francês.

             Um abraço e já já nos encontramos no galeão.

             Pedro Mobilio de Lima
             Le Havre, Fr, 18 de julho de 2013.



Minha Mãe (em ago 2013) e Meu Pai (em out 2013)

Aos meus pais, o ano de 2013 foi de longe o melhor da minha vida. Abraçar vocês dois em frente a Torre Eiffel era um sonho tão improvável que eu nunca tinha pensado nele. E virou sonho realizado depois desses momentos. Falta menos que ontem para minha volta. Que venham fotos em outros monumentos e outros momentos como esses.
Beijos Pedro Mobilio.
Le Havre, Fr, 14 de novembro de 2013.



UMA DECISÃO DIFÍCIL.


SOLDADO
2ª CLASSE
UM ANO

SOLDADO
1ª CLASSE/CFC
TRÊS ANOS

SARGENTO
VINTE E DOIS
ANOS

SUBOFICIAL
SEIS
ANOS

             Ao Senhor Chefe, Oficiais, Suboficiais, Sargentos, Cabos, Soldados e Civis do Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA).
             É certamente uma decisão difícil! Afinal são mais de trinta anos só neste prédio.
             Cheguei à Força Aérea como recruta e repleto de dúvidas, pois era muito jovem. Aqui consegui construir com solidez minha  família, junto com minha esposa Simone, que amo muito. Agradeço todos os dias a Deus por tê-la colocado em meu caminho. Assim, conseguimos juntos educar o nosso filho Pedro e prover a assistência para a nossa filha Mariana.
             Devo agradecer aos órgãos de saúde da FAB (DIRSA, SARAM, SDEE, HCA, HFAG e OASD). Seria uma falha não estender os meus agradecimentos à Seção de Serviço Social do DECEA pelos dezessete anos de dedicação à minha filha Mariana. Sem o apoio deles ela, uma mocinha especial, não estaria hoje em nossas vidas.
             Adoro o que faço e me dedico a cada dia, pois faço isso pelo voto de confiança que me foi concedido pelos meus chefes durante todos esses anos. Sempre procurei corresponder com fidelidade e dedicação, me orgulho em pertencer a Força Aérea e de trabalhar no CGNA.
             Inicialmente, meu plano seria ficar até o ano de 2015, na saída do nosso querido comandante, o Coronel Bertolino, com o qual tenho uma dívida eterna. Mas, por motivos alheios à minha vontade, chegou o meu tempo de ir embora. Afinal, na vida tudo tem o seu tempo e Deus tem o tempo certo para tudo.
             Tenho certeza que serei um eterno FABIANO, mesmo indo para a reserva. Plagiando um texto do meu filho: “Como o ferro quente marca no gado o nome do dono, a Força Aérea estará marcada para sempre no meu coração”.
             Agradeço aos amigos e colegas que me ajudaram nesta caminhada e sempre estarei à disposição. Como costumo falar: “a qualquer dia e hora”.
             Abraços.
             Suboficial Silvio José Pereira de Lima.
             (21) 98508-8261 celular e whatsapp.
             www.westmariana.com
             [email protected]
             Rio de Janeiro, 14 de janeiro de 1982 a
             Rio de Janeiro, 14 de janeiro de 2014.




[email protected]
(21) 98508-8261 Celular da OI.
A qualquer dia e hora.
Silvio e Simone.